Atualizações Traumáticas de Debret, 2019-2021, Ge Viana

Onde encontrar a brasilidade depois dos modernos?

Exposição itinerante do CCBB chega a São Paulo com obras de 51 artistas; "Brasilidade Pós-Modernismo" deseja que o público repare, observe e note para que uma discussão inovadora acerca do Modernismo Brasileiro venha à tona, atendendo à demanda do nosso tempo
moderna

Mostra no MAM-SP explicita caráter abrangente e multifacetado da arte moderna...

*Por Maria Hirszman e Patricia Rousseaux Alçada a símbolo maior da modernidade no País, a Semana de Arte Moderna – realizada no Carnaval de 1922...
Foto horizontal, preto e branco. O rosto de Mercedes Baptista. A bailarina usa um turbante rendado na cabeça e tem uma expressão contemplativa e espontânea

Sesc Copacabana homenageia Mercedes Baptista, primeira bailarina negra do Theatro Municipal

Centenário da artista será celebrado com espetáculos de teatro e dança, instalações artísticas, exposição fotográfica, show de música e palestra, marcando a reabertura da unidade do Sesc fechada há mais de um ano e meio

“Moderno Onde? Moderno Quando?”: Aracy Amaral e Regina Teixeira de Barros...

A arte!brasileiros visitou a exposição, em cartaz até dezembro de 2021, e conversou com as curadoras para entender mais a fundo os conceitos e reflexões propostos; assista ao vídeo
trindade

“Ocupação Olhares Inspirados: Raquel Trindade, Rainha Kambinda” no Sesc 24 de...

Em cartaz no Sesc 24 de Maio até o dia 12 de dezembro, a Ocupação Olhares Inspirados: Raquel Trindade, Rainha Kambinda apresenta a obra...
"Queimada", 2021. Mariannita Luzzati. Cortesia do Instituto Figueiredo Ferraz.

Mariannita Luzzati apresenta mostra retrospectiva no Instituto Figueiredo Ferraz

Exposição reúne pela primeira vez obras do começo da década de 1990 com as últimas produções de Luzzati
Vista da exposição COMPOSIÇÕES PARA TEMPOS INSURGENTES no MAM Rio

“Composições para tempos insurgentes” e as poéticas para diferentes dinâmicas de...

Em cartaz no MAM Rio, coletiva exibe obras de artistas que, a partir de diferentes cosmovisões e articulações sociais em coletivo, pensam a arte como saída de vida

“Linha de Chamada” e as diversas formas de desenho de Edith...

No contexto da individual de Edith Derdyk na galeria ARTEFORMATTO, a arte!brasileiros publica ensaio de Maria Hirszman sobre a mostra

Memórias resistentes, arte feita no calor da luta dos anos 1960

Com curadoria de Fabio Magalhães, exposição de Gilberto Salvador na galeria Frente é uma espécie de acerto de contas do artista com as certezas ideológicas e afetivas que pulsavam em 1968
terceira Frestas - Trienal de Artes: O RIO É UMA SERPENTE

“O rio é uma serpente”, exposição final da Frestas – Trienal...

A arte!brasileiros visitou a mostra final da terceira Frestas - Trienal de Artes e entrevistou a co-curadora Diane Lima; assista ao vídeo
EnglishPortuguese