Apesar de montagem confusa, “À Nordeste” aponta para questões urgentes

Com disposição para permanecer naquele espaço labiríntico, o público encontrará bons motivos para visitar a exposição

“Bacurau”, o cinema, o cinemão e a “videoarte”.

Para o curador e crítico Tadeu Chiarelli, apesar de bem-intencionado, "Bacurau" se mostra pretensioso e datado ao tentar sintetizar numa única peça a complexidade do país das últimas décadas

Dora Longo Bahia: de frente pro crime

Tadeu Chiarelli escreve sobre exposição da artista, em cartaz na Galeria Vermelho

O doutor e os monumentos

Em 2020, a primeira maquete do "Monumento às Bandeiras", de Brecheret, completará 100 anos. A partir de uma tela de Almeida Jr., Tadeu Chiarelli expõe as demandas da burguesia paulistana para homenagear os bandeirantes, contrapondo-as aos novos posicionamentos contra os bandeirantes e o próprio Monumento

Concreto, neoconcreto: a semantização continua

Tadeu Chiarelli comenta a obra de diversos artistas que travaram diálogos com as correntes construtivas, desde Rubem Valentim e Nelson Leirner até Lyz Parayzo e Jaime Lauriano

Marc Ferrez e Man Ray em São Paulo: visões distintas sobre...

Exposições dedicadas aos fotógrafos, uma no IMS e outra no CCBB, são certamente duas das mais importantes mostras retrospectivas apresentadas na cidade em 2019

O prêmio e os acervos

Impressões sobre o Projeto Prêmio Diário Contemporâneo, realizado pelo Museu do Estado do Pará (MEP) e pelo Museu de Arte da Universidade Federal do Pará (MUFPA)
Marcel Giró

A aura, a reprodutibilidade e o vintage

O que diria Walter Benjamin se reaparecesse por aqui? Como reagiria frente à arte e sua reprodutibilidade depois, sobretudo, da internet e dos smartphones?

Giselle Beiguelman contra a barbárie e a indiferença

Confira texto de Tadeu Chiarelli sobre as instalações de Beiguelman no Museu da Cidade

Aproximações e distanciamentos entre J. Carlos e Mucha na avenida Paulista

Exposições simultâneas do artista brasileiro, no Instituto Moreira Salles, e do tcheco, no Centro Cultural Fiesp, permitem contato com questões fundamentais para as artes gráficas e para a sociedade desde o fim do século 19 até os dias de hoje