“Ntando tinha 10 anos quando Nelson Mandela saiu da prisão, em 1990, e assumiu a liderança política da África do Sul. Ela foi da primeira geração de crianças negras sul-africanas a entrar na escola dos brancos”. Foto- Divulgação

Ntando Cele: “Não estou aqui para ser negra”

A atriz, dramaturga e cantora esteve em São Paulo em 2017 para a Mostra Internacional de Teatro, na ocasião, promoveu workshop com 20 pessoas selecionadas pela Mostra
Tintas Polvo, 2013 - Foto: Vicente de Mello

Povo de cores infinitas

Há quatro anos, Adriana Varejão já estudava, junto a Lilia Schwarcz, as infinitas cores e identidades do povo brasileiro. Relembre

Emanoel Araújo, conhecedor de arte

Em entrevista publicada em setembro de 2014, na edição 26 de ARTE!Brasileiros, Adriano Pedrosa conversou com Emanoel Araújo

Paredes brancas, presença negra

Idealizada pelos artistas Moisés Patrício e Peter de Brito, performance 'Presença Negra' incentiva pessoas negras a ocuparem espaços da arte

Uma nova gramática para a arte

Em 2017, Instituto Tomie Ohtake sediou exposição pelo direito de defesa de Rafael Braga, preso em protestos de 2013

Jaime Lauriano e a desmistificação da democracia racial

O artista paulistano cria obras que reinterpretam a história a partir do ponto de vista dos marginalizados

Ayrson Heráclito, um artista exorcista

Em ocasião de sua participação na 57ª Bienal de Veneza, Ayrson Heráclito falou à ARTE!Brasileiros sobre ancestralidade, racismo e performance

Registros de um país em conflito

A mostra que esteve no IMS até julho de 2018,  Conflitos: Fotografia e Violência Política no Brasil 1889-1964,  é uma aula de fotografia, política e...

Agenda: destaques da semana 23 a 29 de junho

Abertura da Fábrica de Arte Marcos Amaro, Histórias Afro-atlânticas no MASP e Bruno Dunley + Fabio Miguez na Nara Roesler em SP
Capa edição 43 - Sem Título - Moisés Patrício

O que nos une?

ARTE!43 traz na capa obra do artista Moisés Patrício, um dos artistas que participam da exposição Histórias Afro-atlânticas no MASP e no Tomie Ohtake