Renata Sbrighi – A sanfoneira

0
6801

Renata Naccarato Sbrighi Oggiam carrega o extenso nome de família italiana. Seus avós foram dos primeiros a imigrarem para o bairro da Lapa, zona oeste de São Paulo. O avô fundou o primeiro posto de gasolina e a primeira pizzaria do bairro. O pai, jogador de futebol, fez parte do primeiro time do Palestra Itália e deixou a ela o gosto pelo esporte. Renata já foi da Seleção Paulista de Vôlei. Sob influência da mãe acordeonista, Renata começou a tocar piano aos 6 anos. Fundou o Conservatório Musical da Lapa, que funcionou até 1986 e depois se tornou Escola Livre de Música, hoje localizada em sua casa, no coração da Lapa. Em meio aos animais, à sanfona cor-de-rosa e aos muitos alunos, músicos, filhos e parentes, Renata dá aulas de piano, acordeom e teclado para crianças, adultos e senhoras. Em paralelo, mantém a Orquestra Sanfônica de São Paulo. Há dois anos, a acordeonista fez suas primeiras tatuagens, uma clave de Sol e uma de Fá. A música está em todos os detalhes de sua alegre casa.

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome