Rubem Valentim, Emblema logotipo-poético 1974

Do dia 6 ao dia 9 de dezembro de 2018, o público poderá conferir uma das maiores e mais importantes feiras de arte dos Estados Unidos, que ocorrerá no Miami Beach Convention Center. Muito agitada, a feira Art Basel de Miami é uma aposta forte de várias galerias brasileiras, especialmente por ser um evento que valoriza muito a arte latino-americana. O preview ocorre no dia 5.

Nesta edição, a feira terá a participação de 14 galerias brasileiras, entre as 268 que estão envolvidas. São elas: A Gentil Carioca, Bergamin & Gomide, Casa Triângulo, DAN Galeria, Fortes D’Aloia & Gabriel, Mendes Wood DM, Galeria Nara Roesler, Simões de Assis Galeria de Arte, Galeria Luisa Strina e Galeria Vermelho estarão no setor Galleries; a SIM Galeria é a única brasileira presente no setor Positions; as cariocas Silvia Cintra + Box 4 e Anita
Schwartz Galeria de Arte estarão na seção Nova. Para completar, a Galeria Jaqueline Martins terá seu espaço no setor Survey.

É o quinto ano que a galeria Bergamin & Gomide partici pará do evento, tendo um estante no setor Galleries, no qual a curadoria escolheu levar obras de arte brasileira moderna de nomes consagrados dos anos 70 aos anos 90, colocando as obras para conversar com artistas internacionais. Estão inclusos nomes como Mira Schendel, Lygia Pape, Ivan Serpa e Fabio Mauri. A diretora da galeria, Antonia Bergamin, comenta que a Art Basel Miami Beach foi a primeira feira de grande importância que participaram: “Foi o que impulsionou a internacionalização da galeria. É importante para a manutenção de contatos e de clientes”, conta. Ela explica que a maioria de seus clientes hoje vivem nos EUA. Também participa
da seção Kabinett, comtrabalhos de Paulo Roberto Leal. Maxwell Alexandre deve ser o artista principal d`A Gentil Carioca na feira. A diretora da galeria, Elsa Ravazzolo, conta que tem trabalhado para queo artista seja conhecido internacionalmente e para inseri-lo em grandescoleções de instituições. É o décimo ano que a galeria está no evento: “É com certeza a feira mais importante na América. Ela cria um ponto de junção entre a América
Latina e a América do Norte”, diz Elsa. Capa desta edição da ARTE!Brasileiros, Rubem Valentim terá três trabalhos na feira, levados pela Mendes Wood DM e cedidos pela galeria Almeida e Dale. As obras são: Emblema (1971), Emblema 79 (1979) e Emblema
logotipo-poético (1974). O artista tem grandes mostras individuais em três lugares em São Paulo: Masp, Caixa Cultural e galeria Mendes Wood DM. A Galeria Nara Roesler entra em seu 11o ano de feira e levará obras de Abraham Palatnik, Antonio Dias, Artur Lescher, Daniel Buren, Daniel Senise, Eduardo Navarro, José Patrício, Julio Le Parc e Vik Muniz.

A DAN Galeria também tem uma mostra na seção Kabinett, apresentando pinturas de Alfredo Volpi. Para seu estande no Galleries, levará obras nomes como Macaparana, Wyllys de Castro, François Morellet e Ferreira Gullar. A curadoria, segundo o diretor Flávio Cohn, busca seguir o histórico da galeria e tem como objetivo: “Apresentar uma ponte entre arte construtivista e concreta brasileira e internacional”.

NOVOS ARES

Murilo Castro, diretor da galeria homônima de Belo Horizonte, pensou por dois anos em para onde levaria uma outra sede. Percebeu Miami como um importante polo de propagação da arte latino-americana, carro chefe da galeria, e não teve dúvidas em abrir um espaço na cidade: “É o melhor lugar em termos de feiras nos EUA e facilita nossa logística para participar das feiras no país”, ele pontua. A galeria ainda não participará da Art Basel Miami Beach, mas confirmou presença em outras feiras. O novo espaço
foi inaugurado no dia 17 de novembro, com a exposição This is Brazil, uma coletiva com obras de Anna Bella Geiger, Amélia Toledo, Luiz Hermano, Vítor Mizael, dentre outros.

Obra: Cildo Meireles
Divulgação: Galeria Nara Roesler

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome