leda catunda
"Barriga", 2018, de Leda Catunda. Foto: Fortes D’Aloia & Gabriel e Museo Nacional de Bellas Artes de Buenos Aires.

A partir do dia 19 de fevereiro, até o mês de agosto, o Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (MALBA) apresenta a mostra Fuera de serie (fora de série), com obras da paulistana Leda Catunda e da portenha Alejandra Seeber – duas artistas latino-americanas cujas pesquisas estéticas se aprofundam nos limites da pintura.

Com curadoria de Francisco Lemos, a mostra reúne obras, estudos, esboços e documentos históricos e recentes. Segundo o texto de apresentação, a exposição expõem as obras de Seeber e Catunda “no âmbito das suas técnicas pictóricas e da influência que recebem da cultura urbana, arte moderna, design, música e natureza. Evidenciando perspectivas partilhadas e zonas de diferença, ela busca iluminar as particularidades de suas obras, sugerindo trocas entre suas trajetórias e estéticas”.

A exposição ocupa dois ambientes do MALBA, uma das mais importantes instituições culturais argentinas, inaugurando o programa “Paralelo 1 || 3” – que coloca em conversa espaços expositivos do térreo e do segundo andar do museu. Fuera de serie será acompanhada por um livro homônimo editado por Gabriela Rangel, diretora artística do museu, com imagens e um ensaio curatorial de Lemus, um texto do poeta norte-americano John Yau e uma entrevista com as duas artistas.

Alejandra seeber e leda catunda
“Mujer Pancho”, 1999, de Alejandra Seeber. Foto: Museo Nacional de Bellas Artes de Buenos Aires

Em trecho de seu texto, Yau escreve: “Na expansão dos limites da pintura – esforço que, ao mesmo tempo, põe em causa o seu estatuto de privilégio – Catunda e Seeber levam a disciplina para um novo território onde o assunto é sério, mas não levado muito a sério. Ambas as artistas são capazes de dar humor e consciência social ao seu trabalho. Elas questionam os padrões do que constitui beleza e experiência estética refinada para o espectador e o convidam a fazer o mesmo”.

Além de sua primeira exposição no museu portenho, no segundo semestre de 2021 Leda Catunda apresenta mostra na Carpintaria (espaço da Fortes D’Aloia & Gabriel no Rio de Janeiro), ao lado da norte-americana Judy Chicago.

Cadastre-se na nossa newsletter

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome