William Forsythe
William Forsythe - Cena da video instalação

A exposição Objetos Coreográficos, do multiartista William Forsythe, desembarca no Sesc Pompeia, em São Paulo, onde fica até 28 de julho. Nos anos 90, o artista decidiu ir para além da dança e começou a produzir obras com as quais se pudesse interagir em movimento, objetos para serem usados em cena na dança.

A exposição foi, então, concebida de forma que o público possa interagir com as obras no local. “Os objetos coreográficos não existem se não tiver a ativação do espectador. Eles estão sempre em diálogo com o espectador, estão convocando o público a se movimentar, a colocar o seu corpo em movimento”, conta Veronica Stigger, que divide a curadoria com a Forsythe Produções.

É a primeira individual do artista no Brasil, que já expos em diversas localidades pelo mundo, como Londres, Paris e Frankfurt. Além de objetos, Forsythe também produz trabalhos em video-arte, que estão presentes na mostra.

Confira a entrevista com Veronica Stigger, em conversa com Marcos Grinspum Ferraz e imagens de Coil Lopes.

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome