Início Buscar

Rosana Paulino - resultados da busca

Se você não gostou dos resultados, por favor, faça outra pesquisa
"DAS AVÓS", 2019, videoinstalação de Rosana Paulino. Foto: Videobrasil.

Acervo Comentado Videobrasil: Rosana Paulino

A professora Alice Lino comenta a obra "Das avós" e aponta como a artista faz uma reconstituição do afeto direcionado à mulher negra ao subverter uma imagem de violência e assegurando a essas mulheres o respeito pela luta travada até nossos tempos
Vista do canal de Veneza. Foto: Creative Commons.

Bienal de Veneza anuncia artistas para edição de 2022

Entre os 213 nomes anunciados estão cinco brasileiros: Jaider Esbell, Lenora de Barros, Luiz Roque, Rosana Paulino e Solange Pessoa

Em “Cartografia do Olhar”, Ana Beatriz Almeida analisa obras de arte sob uma perspectiva...

Rosana Paulino, Juliana dos Santos, Moisés Patrício e Antônio Obá são assunto em aulas ministradas por Ana Beatriz Almeida na SP-ArteVR; o projeto é apresentado em parceria pela arte!brasileiros e pelo JK Iguatemi

Sensitive power

Rosana Paulino’s exhibition, A costura da memória, finishes at the São Paulo’s Pinacoteca and goes to the Rio Art Museum (MAR)

Delicada potência

Exposição de Rosana Paulino, Costura da Memória, sai da Pinacoteca de São Paulo e chega no Museu de Arte do Rio
Art Basel Sonia Gomes - Sem título, 2004. Foto: divulgação/Mendes Wood DM

Art Basel 2022

Confira as informações sobre a edição deste ano da principal feira de arte do mundo e saiba quais galerias brasileiras irão participar
"To See the Earth Before the End of the world", Precious Okoyomon. Foto: Roberto Marossi / Cortesia Bienal de Veneza

59ª Bienal de Veneza apresenta mostra principal com poucas dissonâncias e ruídos

A 59ª Bienal de Veneza, inaugurada para o público no dia 23 de abril, começa histórica. Não só é a primeira depois do adiamento...
jonathas

Em Veneza, Jonathas de Andrade comenta estado de suspensão e aflição em que vivemos

Artista se utiliza de frases e expressões da língua portuguesa no pavilhão brasileiro da 59ª Bienal de Veneza, aberta a partir deste sábado
arte negra

Rompendo a cumplicidade entre o dispositivo estético e o colonial: arte afro-brasileira, arte negra...

Márcio Seligmann-Silva analisa narrativas acerca da história da arte negra afrodescendente brasileira, que envolve uma série de repetições traumáticas ao longo do tempo
Atualizações Traumáticas de Debret, 2019-2021, Ge Viana

Onde encontrar a brasilidade depois dos modernos?

Exposição itinerante do CCBB chega a São Paulo com obras de 51 artistas; "Brasilidade Pós-Modernismo" deseja que o público repare, observe e note para que uma discussão inovadora acerca do Modernismo Brasileiro venha à tona, atendendo à demanda do nosso tempo
EnglishPortuguese