Marcus Bastos

Marcus Bastos é artista, curador e pesquisador nas áreas de convergência entre audiovisual, design e novas mídias. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, é autor do e-book Cultura da Reciclagem (Galeria NOEMA, 2007) e um dos organizadores de Apropriações do (In)comum: espaço público e privado em tempos de mobilidade (Instituto Sergio Motta, 2009). Editou, com Lucas Bambozzi e Rodrigo Minelli, Mediações, Tecnologia, Espaço Público – Um panorama crítico da arte em mídias móveis (Conrad, 2010). Foi curador de Ruído (Mostra Vídeo comemorativa de 10 anos / Instituto Itaú Cultural, Belém e Belo Horizonte, 2005), Geografias Celulares (Instituto Fundação Telefônica, Buenos Aires e Lima, 2010), instalação –> vídeo (na Mostra SESC de Artes, 2010) e VIVO arte.mov – Festival Internacional de Arte em Mídias Móveis (entre 2007 e 2012). Entre seus projetos recentes estão Cenas Paulistanas (composição audiovisual criada com Natália Aly e Rodrigo Gontijo, SESC-Ipiranga, 2013) e Canteiro de Operações (videoensaio no DVD homônimo de Nelson Brissac, José Resende e Heloísa Maringoni, 2012). Dirigiu documentários experimentais como Giuseppe, etc (2011), Radicais Livre/os (2006) e Interface Disforme (2006).

Eventos deste curador

Sem eventos