YANGÍ Galeria Karla Osorio , SMDB Conjunto 31 Lote 1B - Lago Sul Brasília – DF
A exposição YANGÍ reúne um conjunto expressivo de obras em várias técnicas como pinturas, desenho, fotografias, esculturas, assentamentos e despachos. Ela ocupa vários espaços na galeria, inclusive a área externa nos jardins e a maior parte das obras foi produzida em residência artística de Patrício de mais de 40 dias em Brasília.
#Galeria Karla Osório, #Moisés Patrício
09:00 - 18:30
De 27/02/2021
a 15/04/2021
1ª Exposição do Prêmio Vozes Agudas para Mulheres Artistas Galeria Jaqueline Martins , R. Dr. Cesário Mota Júnior, 443 - Vila Buarque, São Paulo
O Coletivo Feminista Vozes Agudas abre no dia 06 de março, no segundo andar da Galeria Jaqueline Martins, a exposição coletiva da primeira edição do Prêmio Vozes Agudas para Mulheres Artistas, em que participam tanto as três premiadas, quanto as duas menções honrosas e ainda outras 12 artistas convidadas, que enviaram seus portfólios para o certame. A mostra fica em cartaz até o dia 01 de abril, tem entrada gratuita e a visitação pode ser agendada com a própria galeria. Além disso, as obras estão disponíveis também pelo site do Coletivo: http://vozesagudas.com.br 
#Galeria Jaqueline Martins, #Prêmio Vozes Agudas
12:00 - 19:00
De 06/03/2021
a 01/04/2021
Viver até o fim o que me cabe! Sesc Jundiaí , Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 - Jardim Botânico, Jundiaí - SP, 13214-206
Com curadoria de Claudinei Roberto da Silva, a exposição "Viver até fim o que me cabe!" homenageia a trajetória de Sidney Amaral, falecido em 2017, e reúne obras que evidenciam o caráter multidisciplinar do artista.
#Sesc Jundiaí, #Sidney Amaral
14:00 - 20:00
De 10/03/2021
a 14/09/2021
José Damasceno: moto-contínuo Estação Pinacoteca , Largo General Osório, 66, Luz, São Paulo, SP
A mostra, com curadoria de José Augusto Ribeiro, é a primeira a reunir um número representativo de obras da carreira do artista desde o início até aqui, com peças realizadas entre 1989 e 2021. Damasceno é um dos artistas brasileiros com maior inserção no circuito internacional de arte contemporânea, reconhecido pelas múltiplas linguagens com que opera, pela escala agigantada das peças, além do caráter reflexivo de seus trabalhos. Ingressos Gratuitos, com reserva exclusiva pelo site www.pinacoteca.org.br
#José Damasceno, #pinacoteca
10:00 - 18:00
De 13/03/2021
a 26/07/2021
Canteiro Galeria Lume , Rua Gumercindo Saraiva, 54 - Jardim Europa, São Paulo
Reconstruir e criar um novo significado para o espaço por meio da geometria é uma característica marcante do trabalho da artista Amalia Giacomini. Em sua nova exposição, Canteiro, em cartaz a partir de 6 de março na Galeria Lume, ela apresenta um conjunto de trabalhos inéditos desenvolvidos com materiais que considera ordinários, banais, e que desafiam o olhar do espectador.
#Amalia Giacomini, #galeria lume
11:00 - 17:00
De 04/03/2021
a 06/04/2021
Escombros, peles, resíduos Simone Cadinelli Arte Contemporânea , R. Aníbal de Mendonça, 171 - Ipanema, Rio de Janeiro - RJ
A artista Jeane Terra inaugura no dia 8 de março de 2021 a exposição "Escombros, peles, resíduos", com trabalhos inéditos selecionados por Agnaldo Farias, que ocuparão todos os espaços expositivos da Simone Cadinelli Arte Contemporânea. As obras, criadas a partir das várias técnicas e processos que a artista vem desenvolvendo nos últimos anos – incluindo os meses de quarentena – que têm como ponto de partida os escombros das casas do Pontal de Atafona, litoral norte fluminense, que vem há décadas sendo tragada pelo mar.
13:00 - 18:00
De 08/03/2021
a 29/05/2021
Time Color Sé Galeria , Al. Lorena, 1257 - Vila Modernista, Casa 2
Com um caráter mais intimista, a exposição individual de Gustavo Speridião ocupa os dois andares da Sé Galeria. Nela, o visitante irá se deparar com objetos tridimensionais-textuais de volumes quadrados e de menores dimensões, feitos em gesso, que evocam os cadernos que o artista utiliza em seu processo criativo, além de impressos e o vídeo "Time Color". A entrada é gratuita.
#Gustavo Speridião, #sé galeria
12:00 - 17:00
De 27/02/2021
a 15/05/2021
Sobre Pintura Espaço Fonte , Rua Mourato Coelho, 751. Vila Madalena - São Paulo
Na exposição “Sobre Pintura”, no Espaço Fonte, Gustavo Speridião explora pinturas-monumento através de telas em grande formato com características murais e que aspiram ao espaço público. A entrada é gratuita.
12:00 - 17:00
De 06/03/2021
a 15/05/2021
Mostra Parque EAV Parque Lage , Rua Jardim Botânico, 414 Jardim Botânico – Rio de Janeiro, RJ
Mostra documental e informativa traduz espacialmente as narrativas em torno da antiga mansão dos Lage e amplia experiência do visitante. Com 52 hectares nas encostas do Morro do Corcovado, na Zona Sul do Rio, o Parque Lage integra a maior floresta urbana do mundo. A partir do dia 26 de fevereiro, o visitante será surpreendido por uma mostra documental, que reúne textos e trabalhos de linguagens artísticas variadas, de caráter informativo, plástico e/ou conceitual, acerca do local tombado pelo IPHAN como Patrimônio Histórico e Cultural da cidade.
#eav parque lage
09:00 - 17:00
De 26/02/2021
a 30/07/2021
30ª edição do Programa de Exposições – Mostra 2020 Centro Cultural São Paulo , Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso, São Paulo - SP
Comemorando três décadas de realização contínua, a 30ª Edição do Programa de Exposições apresenta até 28 de março de 2021 as individuais simultâneas de 4 artistas convidadas/os e 14 selecionadas/os pelo Edital Público que acontece desde 1990. Com forte presença de artistas não-brancas/os e de diversas regiões do Brasil, a Mostra 2020 ocupa o Piso Caio Graco e a Sala Tarsila do Amaral com linguagens e pesquisas artísticas plurais, numa mostra única, fator decorrente da pandemia da Covid-19. Serviço: 21/11/20 a 28/3/21, de terça a domingo, das 10h às 18h. Entrada gratuita
#ccsp, #centro cultural são paulo, #Mostra 2020
10:00 - 18:00
De 21/11/2020
a 28/03/2021
Sobre os ombros de gigantes Galeria Nara Roesler , Av. Europa, 655 - Jardim Europa, São Paulo - SP
"Sobre os ombros de gigantes", mostra coletiva com curadoria de Raphael Fonseca, reúne artistas cuja produção investiga as relações e tensões presentes nas ideias de tempo e memória. A pluralidade do grupo de trabalhos apresentados, em diferentes linguagens e abordagens, permite uma visão ampliada sobre os temas. A exposição introduz abordagens contemporâneas que, ainda que nos possibilitam compreender como narrativas familiares e ancestrais caminham lado a lado com figuras presentes na elaboração de memórias coletivas.
#nara roesler, #Raphael Fonseca
10:00 - 19:00
De 27/02/2021
a 10/04/2021
UM LUGAR LUGAR NENHUM: Paisagens contemporâneas Galeria Marilia Razuk , R. Jerônimo da Veiga, 131 - Itaim Bibi, São Paulo - SP, 04536-000
A paisagem como um tema e como força atemporal da arte é fio que conduz a exposição "UM LUGAR LUGAR NENHUM: Paisagens contemporâneas", coletiva em cartaz a partir de 4 de março, na Galeria Marília Razuk. Com curadoria do artista Rodrigo Andrade - um dos principais nomes da pintura contemporânea brasileira -, a mostra reúne nomes de diferentes gerações e trajetórias, todos conectados pela linguagem pictórica.
#Marilia Razuk, #Paisagem, #Pintura
11:00 - 18:00
De 04/03/2021
a 05/05/2021
DÕ: O CAMINHO DE SHOKO KANAZAWA Japan House , Av. Paulista, 52 - Bela Vista, São Paulo - SP
A manifestação poética e filosófica extremamente conhecida e popular no Japão, é destaque na mostra onde estão exibidas obras da artista Shoko Kanazawa, que utiliza técnicas e saberes milenares e os atualiza, trazendo seus conceitos para a contemporaneidade. Expostas no térreo da sede da instituição, na Avenida Paulista, 52, as obras de Shoko desvendam e retratam a filosofia do Shodō (書道) que significa, em japonês, o caminho da escrita, em que ‘Shō’ exprime o ato de representar letras e palavras com métodos e formas variadas. Este trabalho visa dar vazão às emoções através da escrita e é uma arte e disciplina ensinada às crianças japonesas durante a educação primária.
11:00 - 17:00
De 02/02/2021
a 25/04/2021
Trabalhadores ilustrados Sesc Santo Amaro , R. Amador Bueno, 505 - Santo Amaro, São Paulo - SP, 04752-005
Trabalhadores retratados em ilustrações de livros e revistas brasileiras — esse é o assunto da exposição. Variedade de ofícios e de grafismos constitui a principal característica do conjunto. As imagens são sedutoras. Elas vêm da literatura, do jornalismo, de ensaios históricos, geográficos e sociológicos, e oferecem um panorama diversificado do mundo do trabalho no Brasil do século XX. Direta ou indiretamente, o trabalho faz parte do cotidiano de todos nós. Ele ocupa um espaço em nossas vidas que por vezes se confunde com a própria noção de identidade. No entanto, essa importância é sub-representada no âmbito da produção simbólica, incluindo aí as artes em geral, e a literatura em particular. As imagens da exposição lançam diferentes luzes sobre essa realidade tão presente e, ao mesmo tempo, relegada a um plano relativamente secundário em nossas obras ficcionais.
10:00 - 19:00
De 21/11/2020
a 26/07/2021
PretAtitude – Emergências, Insurgências e Afirmações na Arte Afro-brasileira Contemporânea Sesc Rio Preto , Av. Francisco das Chagas Oliveira, 1333 - Chacara Mun., São José do Rio Preto - SP, 15090-190
A exposição apresenta um recorte da produção afro-brasileira contemporânea a partir de trabalhos de artistas consagrados e emergentes, todos insurgentes na afirmação de suas vocações ante as adversidades que transcendem o universo da arte. Além da pluralidade de técnicas e olhares, as obras permitem discussões sobre identidade, memória, política do corpo negro e gênero, entre outras possibilidades e cruzamentos. Participam da exposição Aline Motta, André Ricardo, Betto Souza, CK Martinelli, Eneida Sanches, Janaina Barros, Juliana dos Santos, Laércio, Lídia Lisboa, Luiz 83, Marcelo D'Salete, Marcio Marianno, No Martins, Peter de Brito, Rosana Paulino, Santídio Pereira, Sérgio Adriano, Sidney Amaral, Wagner Celestino e Washington Silveira.
#Claudinei Roberto, #Sesc SP
15:00 - 13:00
De 17/11/2020
a 21/03/2021
Sala de Estar – Artistas do Acervo Sesc de Arte Brasileira / Módulo 2 – Paisagens e Lugares Sesc São Caetano , R. Piauí, 554 - Santa Paula, São Caetano do Sul - SP, 09541-150
Com a intenção de promover diálogos e construir distintos conjuntos de relações estéticas, temáticas e afetivas, o projeto Sala de Estar – Artistas do Acervo Sesc de Arte Brasileira nasce de uma curadoria compartilhada com o público participante de atividades realizadas no Sesc São Caetano. Trata-se de cursos que possibilitam a imersão sobre os critérios que movem a seleção de obras artísticas para a produção de uma exposição, derivando de três recortes temáticos: Pessoas/Corpo exposto em 2020, Paisagens/Lugares que inaugura agora e Paisagens/Objetos com lançamento previsto para o segundo semestre de 2021. A segunda edição da mostra envolveu profissionais do Sesc SP e artistas de São Caetano em processo compartilhado de curadoria, com discussões sobre a paisagem (como gênero da pintura e como forma conceituada de ver o mundo), tensões e negociações que envolveram o tema dos territórios e mapas, as enciclopédias e cartografias como forma de tornar visíveis as narrativas e experiências artísticas de exploração e investigação do espaço (no papel, na tela, na imagem, em objetos, na natureza) e a necessidade de registrar e recriar aquilo que foi visto no mundo.
#Sesc SP
10:00 - 19:00
De 21/11/2020
a 26/03/2021
Conflito, insurgências e resistências Sesc Santana , Av. Luiz Dumont Villares, 579 - Santana, São Paulo - SP
A mostra encerra o ciclo de exposições livremente inspiradas pelo livro "Os Sertões", de Euclides da Cunha, tendo sido pensada a partir do último trecho do livro escrito pelo jornalista que registra o confronto ocorrido em Canudos (1896-1897). Na entrada da Unidade, os neons de Regina Parra enunciam ecos de sujeitos atravessados por conflitos internos e externos e que, os próprios, também alimentam disputas políticas e questionam as contradições e inversões de poder relacionados aos papéis desempenhados socialmente. Corpos fadados à morte, marcados por gerações de exploração, são ressignificados nas imagens de Mulambö. A intervenção que o artista realiza nas fotografias "brinca" de inverter o poder das cenas que registram o cotidiano da cidade, entre o lazer e a violência, reconstituindo uma narrativa sobre a história do Rio de Janeiro entrelaçada ao carnaval e vários sambas. Direito à cidade, direito à terra: a reivindicação dos povos originários que resistem no Brasil desde a chegada de estrangeiros a estas terras urgem no trabalho de Denilson Baniwa. Os vídeos do artista elaboram ao mesmo tempo uma denúncia ao que ocorre com as populações indígenas e uma ode à insurgência delas desde 1500. O levante artístico proposto no muro externo à unidade pelo Coletivo Trovoa reclama espaços para as identidades continuamente lançadas à margem e que persistem lutando, seja corpo a corpo, seja insistindo em continuar a existir por meio de estratégias e articulações que burlam o sistema.
#Denilson Baniwa, #Mulambö, #regina parra, #Trovoa
15:00 - 13:00
De 27/11/2020
a 27/06/2021
Amilcar de Castro: na dobra do mundo MUBE - Museu Brasileiro da Escultura , R. Alemanha, 221 - Jardim Europa, São Paulo
Cerca de 120 obras do artista plástico neoconcretista e designer gráfico Amilcar de Castro passam a compor as instalações internas e externas do MuBE (Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia) a partir desta quinta-feira (11). A exposição "Amilcar de Castro: na dobra do mundo" é uma homenagem ao centenário do multifacetado artista, que integra o rol dos maiores expoentes brasileiros na arte e cultura, acumulando títulos como o prêmio da Fundação Guggenheim e Prêmio Nacional da Funarte. A mostra é gratuita e pode ser visitada de quinta a domingo, de 10h as 16h, mediante agendamento prévio.
#Amilcar de Castro, #MuBE
10:00 - 16:00
De 11/02/2021
a 23/05/2021
Ocupação Chiquinha Gonzaga Itaú Cultural , Avenida Paulista, 149
Exposição resgata a história de Francisca Edwiges Neves Gonzaga (1847-1935) entre documentos, partituras, capas, objetos, fotos e conteúdo musical e audiovisual biográfico produzido pela instituição que retratam a sua vida e obra, inclusive sua identidade negra costumeiramente ignorada. Há 100 anos, ela foi a primeira mulher a reger uma orquestra, a escrever uma partitura para teatro e a compor uma marcha carnavalesca no Brasil. A artista produziu mais de duas mil canções autorais e 77 partituras para peças teatrais. Apresentações online construídas em torno de seu repertório, atividades educativas, mecanismos de acessibilidade e a confecção de um hotsite integram a Ocupação. Com curadoria dos Núcleos de Comunicação e Música da instituição, co-curadoria da cantora Juçara Marçal e consultoria de Edinha Diniz, biógrafa da compositora, o Itaú Cultural abre em 24 de fevereiro (quarta-feira) a Ocupação Chiquinha Gonzaga, que ficará em cartaz até 23 de maio (domingo). Além de mergulhar na vida e obra da compositora, pianista e primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil, a exposição resgata a sua afrodescendência, quase eliminada pelas práticas do racismo estrutural. Esta mostra foi desenvolvida integralmente durante a pandemia do Covid-19 e segue todos os protocolos e recomendações das autoridades sanitárias.
10:00 - 16:00
De 24/02/2021
a 23/05/2021
O fabuloso universo de Tomo Koizumi Fundação Iberê Camargo , Av. Padre Cacique, 2000 - Porto Alegre, RS
A Fundação Iberê, em uma parceria inédita com a Japan House São Paulo, apresenta, de 6 de março a 16 de maio, em Porto Alegre, a exposição “O fabuloso universo de Tomo Koizumi”. A mostra, concebida pela Japan House São Paulo, propõe uma perspectiva da moda contemporânea sob o olhar de um artista que foge das tendências tradicionais e ousa com suas peças marcantes. Serão apresentadas treze surpreendentes criações do jovem estilista Tomo Koizumi, revelação na semana de moda de Nova Iorque de 2019 e que vem conquistando respeito e admiração no mundo fashion. O designer se destaca por criações famosas pelo encantamento, em produções únicas feitas com 50m a 200m de organza japonesa cada uma, de cores e volumes extravagantes, que representam o seu universo recheado de referências nas artes tradicionais e na cultura pop japonesa. Com o apoio do Consulado Geral do Japão em Porto Alegre, a iniciativa de apresentar os trabalhos de Tomo Koizumi na capital gaúcha acontece em função do projeto de itinerância da instituição nipônica, iniciado este ano por meio de colaborações com as principais organizações culturais do país.
#Iberê Camargo, #Japan House, #Tomo Koizumi
14:00 - 18:00
De 06/03/2021
a 16/05/2021
1 2 3
Fale com a gente