Semana de Arte Mundana
11:00 12 de fevereiro de 2022 to 18:00 26 de março de 2022

Próximo ao centenário da Semana de Arte Moderna, o artista e ativista Mundano transforma lama de Brumadinho, cinzas de queimadas no Pantanal e na Amazônia e óleo que atingiu as praias do nordeste em uma série de trabalhos que provocam e chamam a atenção para questões socioambientais. O ambiente expositivo é transformado em um curral, com cercas de madeira, uma porteira aberta e um piso de grama sintética simulando um pasto, que recebe telas, instalações e esculturas. Enivo e Denilson Baniwa são os responsáveis pela curadoria e a poeta Mel Duarte fez a seleção das poesias sonoras apresentadas em som ambiente da mostra, inclusive uma escrita por ela mesma.

Funcionamento normal: segunda à sexta, das 11h às 19h; aos sábados, das 11h às 15h
Início da mostra: 12 de fevereiro
Fim da mostra: 26 de março

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome