Paisagem
11:00 to 19:00 - 19 de junho de 2021
[PRESENCIAL] Um único desenho, mas de grandes dimensões, compõe o trabalho de Adrianne Gallinari. Apesar de tender a abstração, a obra é uma grande paisagem, não figurada; uma paisagem não de observação, mas 'inventada', feita em giz de cera sobre tecido. Um desenho quase obsessivo, onde a artista vai construindo esse imenso trabalho com riscos pequenos até cobrir toda a área.

Nas palavras do crítico Agnaldo Farias, "do pulso que doma a energia e a faz convergir para as pontas dos dedos que prendem o instrumento ao braço que permite que a mesma energia flua livremente como vontade de desbordamento, a artista vai compendiando os gestos, ponderando que a leveza do risco coincide com o desejo de deixar o suporte - tecido, papel, parede...- falar e que o traço grosso e regular, obsessivo a ponto de fazer com que as cifras se embaralhem, criando uma rede espessa, significa o contrário, que o som e o desenho do signo surgiram em função de nosso desejo de aplacar o som do mundo. "Palavras são desenhos", afirma a artista, ao mesmo tempo em que propõe que as imagens sejam entendidas como escrituras."
Funcionamento: quarta-feira a domingo, de 11h às 19h.

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome

EnglishPortuguese