O que se degrada segue em frente
10:00 9 de setembro de 2021 to 18:00 6 de fevereiro de 2022

A mostra O que se degrada segue em frente, de Ana Clara Tito, marca o lançamento do projeto Supernova, com curadoria de Beatriz Lemos, Keyna Eleison e Pablo Lafuente, que traça um panorama da produção artística contemporânea no Brasil. O programa de exposições individuais cria uma plataforma de obras comissionadas e mapeia as práticas que constituem a contemporaneidade em função de diversos contextos e múltiplas linguagens. Os primeiros selecionados são Ana Clara Tito, Militina Garcia Serejo, Sallisa Rosa e Uýra Sodoma. A individual de Ana Clara Tito é focada em um trabalho específico que ela nomeia de “complexo, um tipo de obra que prefiro não chamar de instalação”, explica. Apoiada neste conceito, as obras da artista ocuparão as paredes e o piso da área expositiva do MAM Rio, criando um contínuo de objetos, materiais e composições.

Funcionamento normal: Quintas e sextas, das 13h às 18h; Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h
Início da mostra: 9 de outubro de 2021, às 10h
Fim da mostra: 6 de fevereiro de 2022, às 18h

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome