Nemer – aquarelas recentes
14:00 18 de setembro de 2021 to 18:00 19 de dezembro de 2021

[PRESENCIAL] Depois de passar pelo Instituto Tomie Ohtake (São Paulo), a exposição Nemer - aquarelas recentes, do mineiro José Alberto Nemer, chega no dia 18 de setembro (sábado) à Fundação Iberê. A mostra é a continuação de uma série que vem sendo apresentada desde os anos 1990 e reúne 20 obras produzidas sobre papel francês. São quadrados, retângulos, grelhas, hachuras, círculos, trapézios, elipses, cruzes e arcos que povoam peças de diferentes formatos.

“Trabalho com a geometria, com o gestual, com as manchas, com as formas mais rigorosas. Às vezes eu começo construindo uma geometria, que na metade acaba se desconstruindo; é quando você reconhece que a aquarela é indomável, escorre até onde ela quer escorrer e o pigmento se concentra onde sequer imaginávamos. Todos os deslizes, todos os ‘erros’ são incorporados e fazem parte do processo não só da aquarela, mas da arte como um todo”, diz Nemer.

Para o curador Agnaldo Farias, os trabalhos de Nemer propiciam um intermitente confronto entre uma orientação construtiva e um impulso orgânico. Diluídos na água, seus pigmentos correm pela folha, adivinhando suas minúsculas fissuras e revelando o acidentado da topografia do papel. A dimensão construtiva de suas obras se expressa, continua Farias, no recurso a figuras geométricas variadas, veloz e cuidadosamente executadas com lápis de grafite duro, com o apoio de régua, compasso.

Funcionamento: quinta-feira a domingo, das 14h às 18h, mediante agendamento pelo Sympla.

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome