Mestre Didi e Rubem Valentim: Simbólico Sagrado
18:00 to 19:06 - 19 de novembro de 2019
Refletir sobre o sagrado afro-brasileiro em um país com um passado escravocrata e colonial é um ato político. É deste cenário que nasce Simbólico Sagrado, exposição que reúne obras de Mestre Didi (1917–2013) e Rubem Valentim (1922-1991), apresentada de 19 de novembro a 19 de janeiro, no Museu Nacional da República, em Brasília.Com curadoria de Thaís Darzé, a mostra reúne uma seleção de 95 obras emblemáticas dos artistas. “É um diálogo entre as obras de dois artistas negros, baianos, que tiveram o auge de suas produções durante as décadas de 1960 a 1980. Com trajetórias pessoais de vida muito distintas, porém com valores e posicionamentos muito semelhantes - defender, preservar, difundir e elevar a cultura e o legado dos povos africanos, pensando numa identidade genuinamente Brasileira”, explica a curadora.

Share our event

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome