Mata À VENDA
10:00 18 de setembro de 2021 to 17:00 16 de outubro de 2021

[PRESENCIAL] Composta por 17 pinturas em grande formato que atravessam as instalações físicas da galeria, entre quinas, portas, colunas e paredes, a proposição imersiva de Alice Shintani surge como um desdobramento de Mata, série de guaches em papel que integra Bienal de São Paulo. Metaforicamente, nem todas as obras são totalmente visíveis e, algumas são completamente invisíveis. Porém, independente do tamanho ou visibilidade, todas as pinturas serão comercializadas pelo mesmo valor. Essa possibilidade faz das pinturas um instrumento de reflexão sobre os limites de nossa percepção estética e política no conhecido contexto de intensa mercantilização da linguagem pictórica.

Como observado no texto curatorial de Vento, mostra antecipatória da 34ª Bienal, "Mata trata-se de uma série produzida a partir de uma leitura livre de imagens da flora e fauna brasileira, sobretudo amazônica. A escolha de um sujeito pictórico clássico e a iconografia convidativa e plana parecem sugerir um trabalho autorreferenciado e pacificado, mas a maioria dos elementos explícita ou implicitamente retratados está em risco de extinção. O fundo intensamente negro, nesse sentido, contribui para ressaltar a luminosidade das cores empregadas pela artista para representar a vivacidade de algo, mas também pode ser lido como uma metáfora do estágio de incerteza e opacidade que caracteriza os dias atuais, de um ponto de vista ecológico, social e político". Mata À VENDA propõe uma reflexão complementar, ética e econômica, sobre o atual estágio das relações entre espaços ditos comerciais e institucionais de arte, a autodeterminação de seus atores e as possibilidades de resiliência da prática artística.

Funcionamento: Segunda à sexta, das 10h às 19h; sábado, das 10h às 17h. Visitas mediante agendamento prévio por email (contato@galeriamarceloguarnieri.com.br).

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome

EnglishPortuguese