Bruno Munari: Sempre uma Coisa Nova
10:00 7 de março de 2020 to 19:00 18 de abril de 2020
Bergamin e Gomide, Rua Oscar Freire, 379 - 1 - Jardim Paulista, São Paulo - SP, 01426-001 Como chegar
Na primeira exposição do ano, entre os dias 7 de março a 18 de abril de 2020, a Bergamin & Gomide apresenta Bruno Munari: Sempre uma coisa nova, do artista italiano que rompeu os paradigmas entre arte e design. A exposição reúne cerca de 40 obras que compreendem o período de 1947 a 1995, dentre colagens, gravuras, desenhos, pinturas, esculturas, entre outras. Bruno Munari (1907-1998) foi artista, designer gráfico e pedagogo. Constantemente versátil e inventivo, é considerado um dos maiores gênios do século XX. Grande parte de sua obra esteve associada ao interesse pedagógico e ao desejo de expandir a compreensão do homem sobre o mundo, através do desenvolvimento de novas formas de comunicação visual. Serão apresentadas na exposição obras como a série “Negativo Positivo” (1950-1995), compostas por formas geométricas de cores vibrantes, onde o artista explora os princípios da Gestalt. Esta série foi o ponto de partida para trabalhos tridimensionais, esculturas cinéticas e fixas, como a série “Scultura da Viaggio” [Esculturas para Viagens] (1989). Criadas para aqueles que viajam com frequência - já que podem ser dobradas -, elas são feitas de materiais comuns, como madeira, fita, plástico, barbante e papelão cortado, e demonstram o interesse contínuo de Munari na ressignificação do objeto de arte. Munari também incorpora o metal nas esculturas, como na série “Macchina inutile sincron” [Máquina sincrônica inútil] (1956-1970). Além disso, poderão ser vistas pinturas e colagens das séries “Curve di Peano” [Curva de Peano] de 1995 e “Studio di design” (1947), onde explorou a abstração e as relações espaciais na tela e no papel. A icônica série de Munari, “Forchette Parlanti” (1958), também será exibida. Em português, os “Garfos Falantes” são feitos de prata e dobrados propositalmente com o objetivo de distorcer a função do objeto, encorajando o expectador a fazer um exercício de imaginação. Aliás, a imaginação fértil foi uma característica presente ao longo de toda a trajetória deste artista singular, reconhecido por ser um espirituoso inventor incansável.

Location

Share our event

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome