ARTE NÃO. DESENHO
10:00 2 de fevereiro de 2021 to 19:00 20 de março de 2021

O desenho acompanha Milton Machado desde o princípio de suas investigações no campo da arte. A mostra apresenta trabalhos recentes do artista nessa linguagem. O conjunto de desenhos, produzidos nos últimos quatro anos, em tamanhos e técnicas diversas, incluindo nanquim, acrílica, grafite e colagem, permite-nos vislumbrar as questões atuais que orbitam a pesquisa do artista, síntese de cinco décadas de produção.
Na obra de Machado, desenho é comentário e projeto, mas também ficção e sonho, apresentando devaneios e críticas com ironia. Podemos encontrar esses elementos nos títulos dos trabalhos apresentados. Os nomes em Arte não. Desenho., não auxiliam a decifrar a imagem, mas lhe conferem outras camadas de complexidade. Neles o público encontra diferentes estratégias, que ampliam as possibilidades interpretativas, revelando componentes do universo imagético de Machado. Entre elas, encontramos o humor, como em Desenho manco com alguma dificuldade para seguir adiante (observado por peixes); a autocrítica, em Desenho que só serviu para deixar-me ainda mais (ou menos) constrangido e embaraçado; o comentário irônico sobre a história da arte e seus personagens, em que Pânico de Mondrian diante da árvore e O barbeiro de Cézanne são exemplos; a relação com o universo da literatura, Desenho feito por um escritor (para J.G. Ballard); a criação de cenas, ou narrativas curtas, em Colisão de trens na Köln Hauptbahnhof causa desmoronamento parcial da Catedral de Colônia e Grave engavetamento nas proximidades do borracheiro; além da metalinguagem, explicitando, ou ficcionalizando o próprio processo de criação, como se verifica em Desenho organizado como um organismo

Deixe um comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, escreva seu nome